terça-feira, 20 de novembro de 2012

ARQUIVO NACIONAL - LISTA DE IMIGRANTES

                              Muitas são as pessoas que procuram por seus ancestrais, que vieram colonizar o Brasil. O porto do Rio de Janeiro, foi a principal "porta de entrada", no entanto até pouco tempo isto era quase que impossível, mas graças aos amigos que também tem este interesse, hoje temos ao alcance de um clik, diversas listas de navios (vapor), que atracaram naquele Porto.
                             Vem comigo, vamos adentrar nesta pesquisa: acesse (copie o Link ou clique nele http://www.arquivonacional.gov.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=168

Vai aparecer:
O Arquivo Nacional reúne em seu acervo diversos fundos relativos a entrada e permanência de estrangeiros.
Informações relativas à entrada nos portos brasileirosPodem ser obtidas a partir da consulta às relações de vapores existentes nos fundos Divisão de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras e Serviço de Polícia Marítima Aérea e de Fronteiras - São Paulo/Santos.

O acervo da Divisão de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras relativo à entrada no porto do Rio de Janeiro pode ser consultado de duas maneiras: através das imagens das relações de vapores associadas ao Sistema de Informações do Arquivo Nacional (SIAN) e da base de dados Entrada de Estrangeiros no Brasil - Porto do Rio de Janeiro.
 quando abrir relação de passageiros em vapores clique na seta, vai abrir Porto do Rio de Janeiro, clique de novo na seta. Pronto você conseguiu, fácil?  Sei lá depende de cada um, agora paciência. Você sabe o nome do Navio? a data de entrada? Então, mãos a obra,  lista por lista, até encontrar o(s) nome(s) que você procura.
               Há! opa, estava me esquecendo, ainda você tem que clicar na lupa, quando abrir, no canto superior direito, você deve clicar em arquivo digital, Ufa, até que enfim.
                  Valeu Celia Torres, 
Para Relaçao de Vapores
Base de dados

16 comentários:

  1. Olá Sr. Vilmar!!!
    Muito boa a sua ideia de postar o site do Arquivo Nacional, muitas pessoas não sabem desse sistema de busca, que é uma importante ferramenta para os que fazem pesquisas genealógicas assim como nós.
    Também é muito importante que todos dividam o que sabem, assim os benefícios serão de todos e depois é uma satisfação muito grande em contribuir para a felicidade de outras pessoas.

    Agora quero fazer um agradecimento público ao Sr. que me ajudou a encontrar e desvendar a história de uma parte da minha família que eu já procurava há muitos anos e que até descobrir o seu blog eu não havia encontrado nada. Hoje estamos felizes por ter encontrado tudo sobre esses antepassados que nos são muito caros, pois foram corajosos e enfrentaram uma luta terrível de muito sofrimento, mas que, bem ou mal, terminaram suas vidas honradamente e nos deixaram, além do exemplo, a fé, o trabalho, a disposição e a alegria de viver, pois somos todos filhos de um DEUS maravilhoso e que nos ama a todos.

    Meu muito obrigado ao Sr. Vilmar Person, à Sra. Vilma Bohm e à Sra. Gunvor Flodell que juntos formaram uma rede onde pude recuperar essa parte da história. Muuuuuuuuuuuuito obrigado, sempre!
    Um abraço a todos.
    Célia Torres

    ResponderExcluir
  2. Bom Dia, Sr. Vilmar. Estou tentando a muito entrar no site acima e não estou conseguindo. Será que tem outro meio de obter o que desejo: Com finalidade de obter a nacionalidade de meu avô dei entrada no Arquivo Nacional RJ e consegui a 1a e 2a via do registro de estrangeiros. Neste documento consta:
    NOME: MANOEL CERVEIRA PESSOA (nome do meu avô)
    FILIAÇÃO DELE: ANTONIO CERVEIRA E MARCIA PESSOA
    DATA DE NASCIMENTO: 09/02/1895
    DATA DE CHEGADA AO BRASIL/PORTO DO RIO: 10/12/1908

    Não consta procedência e tão pouco o nome do navio. Através desse site será possível obter informações complementares?

    Claudio de Lara Rocha pessoa
    claudiorpessoa@globo.com
    21.99715617

    ResponderExcluir
  3. Uma busca no site do Arquivo Distrital de Vila Real permitiu encontrar o seguinte registo de pedido de passaporte:

    - Entidade detentora
    Arquivo Distrital de Vila Real
    - Código de referência
    PT/ADVRL/AC/GCVR/H-D/010/1625/919
    - Cota original
    636
    - Título
    Registo de passaporte
    - Datas
    Vila Real, 23/11/1885
    - Nível de descrição
    Documento Simples
    - Dimensão e suporte
    160x210 mm.; Papel
    - Âmbito e conteúdo
    Requerente: José Manuel de Sousa
    Idade: 47 anos
    Lugar: Cabanes
    Freguesia: Pensalvos
    Concelho: Vila Pouca de Aguiar
    Distrito: Vila Real
    Acompanhantes: José Luís (filho) e Domingos José (filho)
    Destino: Brasil
    - Localização
    F. 230v
    - Idioma/Escrita
    Português


    Trata-se de um pedido de passaporte em 1885 para o Brasil de uma pessoa chamada José Manuel de Sousa, que iria acompanhada dos seus filhos José Luís e Domingos José.

    Apesar de não estar mencionada a idade dos filhos, procurei o baptismo deles nos livros paroquiais de Pensalvos, a fim de saber se o nome da mãe coincidia com aquele que indicou.

    Encontrei esses baptismos e, de acordo com os respectivos assentos de baptismo, a mãe dessas crianças chamava-se Luísa Pires.

    Tudo aponta pois para que o referido pedido de passaporte seja o do bisavô do sr. Padre Tadeu Vieira, o qual terá viajado para o Brasil (provavelmente em 1885 e não em 1888) acompanhado por dois filhos, sendo um desses filhos precisamente o avô do sr. Padre Tadeu Vieira.

    Assim, no link em anexo pode ver o assento de baptismo de Domingos José, que nasceu em 09/03/1880 no lugar de Cabanes, freguesia de Pensalves, concelho de Vila Pouca de Aguiar. e baptizado em 21/03/1880.

    http://www.advrl.org.pt/documentacao/digi/iViewer.php?w=PT-ADVRL-PRQ-PVPA08-001-005&imgfile=galleries/PT-ADVRL-PRQ-PVPA08-001-005/PRTC0808D_ADVRL-PVPA08-001-Lv005_M_00087.jpg

    Já agora, o seu irmão José Luís era exactamente 7 anos mais velho, pois nasceu em 09/03/1873 e foi baptizado em 23/03/1873.
    Gostaria de uma ajuda para encontrar os familiares de José Luis este último que ficou no Rio de Janeiro, pois dele eu não tenho notícias. Sei somente que casou e sua esposa chamava-se: Polônia ele no Brasil passou a assinar José Luis de Souza. Espero uma luz para encontrar a família de José Luis de Souza aí no Rio de Janeiro. Obrigado!

    Pe Tadeu Jesus Vieira.
    petadeuvieira@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Não é um comentário. É um pedido de esclarecimento. O mais antigo de meus ancestrais de que tenho conhecimento chamava-se Ângelo Correia de Mello. Veio dar com os costados em terras brasileiras após o ano de 1.800. Gostaria de ter mais informações sobre ele. Creio que se utilizou do porto de Recife. Grato pelo que puder ser me informado a respeito.

    ResponderExcluir
  5. Olá me chamo Alex, e gostaria de uma ajuda de vocês. Estou fazendo a arvore genealógica de minha família. Comecei e estou "travado" quando chegou na geração do meu Pentavô Antonio Joaquim Barbosa Leal. Conseguir achar o documento de seu casamento na paroquia de São José dos Pinhais - PR em 1827, onde no final se diz que ele foi nascido e batizado na Província de Pena Fiel. Mas não acho em registro algum de imigrante o nome dele ou se acho algum nome parecido aparece a data que chegou no Brasil depois do seu casamento. Preciso de ajuda!!! Se alguém souber me ajudar favor entrar em contato!!! alexclaudinobarbosa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Boa noite sr.Vilmar
    Preciso muito encontrar os nomes dos meus antepassados. Bisavô e tá tara vó, o nome do meu avô era Cândido Gonçalves Torres e meu pai Milton Gonçalves Torres

    ResponderExcluir
  7. Estou tentando localizar a chegada de um imigrante da Itália, chegado ao Brasil, na década de 30, cujo nome era SALVADOR FAILLACE OU SALVADOR FAILASSI OU FAILASSE.
    Agradeço imensamente, pois êle é meu pai e faleceu em 1941, tendo sido extraviado todos os seus documento.

    ResponderExcluir
  8. Estou tentando localizar o registro de raphael de mattos Gonçalves nascido em 31 agosto de 1904, veio ao Brasil com 4 anos de idade acompanhado de sua mãe Maria do Rosário. O pai Casimiro de mattos já era falecido na época. Só tenho a informação de que era de trás dos montes, o que inviabiliza a obtenção do assento para obtenção de cidadania. Agradeço qualquer ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço pesquisa genealógica.Se desejar, entre em contato. jmcostanunes@hotmail.com

      Excluir
  9. Desejo descobrir a data certa que meu avô Joaquim Affonso Pinto chegou ao Brasil. Ele nasceu em 1880 em Ribalonga (Alijó-Vila Real) e dizem que veio com 9, 12 ou 13 anos para o Brasil, acompanhado de um irmão e uma irmã, cujos nomes ninguém sabe. Dizem até que era só Joaquim Affonso e depois acrescentou o sobrenome PINTO. Era filho de José Ignácio Affonso e Maria Emilia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entre no arquivo distrital de vila real e la encontra

      Excluir
  10. meu e-mail edelsoncarlos45@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Desejo descobrir a data certa que meu avô Joaquim Affonso Pinto chegou ao Brasil. Ele nasceu em 1880 em Ribalonga (Alijó-Vila Real) e dizem que veio com 9, 12 ou 13 anos para o Brasil, acompanhado de um irmão e uma irmã, cujos nomes ninguém sabe. Dizem até que era só Joaquim Affonso e depois acrescentou o sobrenome PINTO. Era filho de José Ignácio Affonso e Maria Emilia. meu email-edelsoncarlos45@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Estou tentando obter dados da minha família:minha nona Carmelina Zanata nasceu segundo dados dela , no caminho da viagem da Italia para Paranaguá,veio com seu pai Domingos Zanata e Angela Datuglin.Casou em 1906 com Augusto Pettersen em Morretes.Como ela casou com 18 anos ,imagino que tenha chegado em 1888.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde,
      De fato, ao que tudo indica, chegaram em 1888. Há registros do grupo familiar, Domênico, Angela e Carmela.
      João
      junior@jrcontador.com.br

      Excluir
  13. Sr.Vilmar,bom dia, gostaria de saber sobre o local(distrito?) de nascimento do meu pai Manuel de Souza Patricio(porto/gondomar?)filho de Antonio de Souza e Joaquina Martins, que chegou no porto do RJ, em 08/07/1940, no navio colonial, não sei a data de nascimento mais acho que é entre 1905 e 1910.Grato por qualquer ajuda.Victor

    ResponderExcluir