quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Sociedade Sueca em Guarani das Missões - RS de 1916 a 1922

Sociedade Sueca nos anos de 1916 a 1922, "hoje terras da Família Lubini", sendo que nesta época a Igreja Batista estava em atividades. (Esta foto era de propriedade de Ana Johnsson e Walter Luiz Johnsson - doada a família Kaminski em 1991,  sendo hoje parte do acervo particular.

Feliz Natal e Ano de 2012, aos amigos do Mundo inteiro.

Desejo a todos os Suecos e amigos do Mundo Inteiro, um Feliz Natal, e um prospero Ano Novo de 2012, com este cartão de natal enviado a Colonia Guarany - Guarani das Missões -RS, em 18.11.1918, com chegada ao Rio Grande do Sul em 15.01.1919, endereçado Johan Lamberg, e hoje parte do meu acervo particular 

terça-feira, 7 de junho de 2011

Diversas fotos POLFEST - cedidas por Warpechowski Decorações

2º Encontro Oficial dos Suecos em Guarani das Missões. 29.05.2011

Saudação aos presentes, pelo presidente Vilmar Person 29.05.2011


Sven Arne Flodell, com o livro de atas (em sueco), da 1ª Sociedade Sueca em Guarani das Missões, livro este que estava na Suécia desde os anos 70, e entregue carinhosamente após tantos anos ao Museu Municipal, para pesquisas.


Casal Flodell, condecora Prefeito Casemiro Warpechowski e Vilmar Person, com um cristal/medalha, de Amigos de Missiones. (No cristal esta a flor predileta do Botanico Carlos Lineu - linea borealis), planta do norte da Suécia.

Casal flodell, também presenteia um quadro da Santa oficial da Suécia - Santa Brigida, e coSanta da Europa. para proteção e benção dos Guaranienses, e do mundo.

Guvor Flodell, palestra no encontro, sobre os Imigrantes de 1891 e 1911


Familia Angel - da Suécia,  presenteia Prefeito Casemiro com uma carta(original) enviada a Suécia em 1913, por Maria Lamberg, aos parentes que lá residiam. Hoje no Museu na Casa Helena Carolina, em Guarani das Missões -RS

Da cidade de Apostoles da Argentina João Bojko, representando o Prefeito daquela cidade, homenageia Guarani das Missões, pela POLFEST Internacional, e se emociona ao lembrar a vida dos primeiros colonizadores. 29.05.2011

Dentro do Encontro dos Suecos, o Sr. Artur Nowicki, entregou ao Prefeito Casemiro, copia do passaporte de seu avô, escrito em lingua russa. material entregue ao Museu Municipal, (com a solicitação de tradução).


Foto oficial, com a homenagem da cidade de Kiruna - Suécia, ao Municipio de Guarani das Missões, com um album fotografico mostrando as transformações daquela cidade, encadernado com pele de rena.
Obrigado Prefeita de Kiruna, cidade origem da imigração de 1911, das minas de ferro da Suécia para Guarani das Missões-RS.

Publico presente no 2º encontro dos suecos em meio a 10ª POLFEST Internacional.

Descerrada placa comemorativa do Marco da Colonização Suéca.


Biblia Sagrada da família Gallon e album da familia Lamberg, entregues ao Museu Municipal.


Emocionada Familia Angel, visita Linha Estefania, Municipio de Sete de Setembro, nas terras da Familia Lamberg.

Marco plantado na Linha Tapera, junto a Comunidade Evangelica de Guarani das Missões, filiada a IECLB, em 30.05.2011, com urna incrustrada, para abertura nos 140 anos de imigração Suéca na Colonia Guarany.

Atos de Implantação do Marco comemorativo na Linha Tapera em 30.05.2011

Autoridades e amigos visitantes na inauguração do marco recordatório 30.05.2011

Camara Municipal de Vereadores - Homenageia Suecos e Poloneses nos 120 anos de Imigração

Em Sessão Solene, Vereador proponente Alcides José Milcharek, homenageia os Imigrantes Suecos

PREFEITO ENTREGA MATERIAL HISTÓRICO AO MUSEU

PREFEITO ENTREGA MATERIAL HISTÓRICO AO MUSEU

Em meio à 10ª Polfest Internacional, durante o 2º Encontro da Etnia Sueca em Guarani das Missões/RS, o Prefeito Municipal, Casemiro Warpechowski, recebeu documentos históricos dos suecos, os quais foram entregues ao Museu Municipal situado na Casa da Cultura Helena Carolina, no dia 02 de junho do corrente ano. Na seqüência, relação de documentos:
- o casal Flodell nos anos 70 havia resgatado o livro de atas da sociedade sueca, e estava na Suécia para pesquisas;
- a cidade de Kiruna, presenteou o Município com álbum fotográfico, com as transformações daquela cidade, álbum este encadernado com pele de rena e enviado pela Prefeita Mrs. Kristina Zakrisson daquela cidade. De Kiruna partiram os imigrantes em 1911, conhecida como a “Caravana da Morte”;
- entregue uma Bíblia da Família Gallon, por Línea de Grau da Esquina Ipiranga, datada do ano de 1889;
- um álbum fotográfico da Família Lamberg, guardado por Maria do Carmo Jendrzkowski;
- uma carta, entregue pelos visitantes da Família Angel, parentes dos Lamberg, de 1913, enviada de Guarani das Missões para a Suécia.
Este material fica a disposição da população para pesquisas.

CASAMENTO POLONES -

Linha Harmonia - Representa o casamento típico polones, resgatando a cultura dos ancestrais.









sexta-feira, 20 de maio de 2011

O GRUPO GUARAMANO DE RÁDIO, HOMENAGEIA IMIGRANTES NOS 120 ANOS DE IMIGRAÇÃO

Grupo Guaramano de Rádio - AM E FM -   
                        Neste Link voce acessa a Rádio Guaramano e Capital FM. O Grupo Guaramano de Rádio, faz homenagem aos 120 anos de Imigração na Colônia Guarani, num trabalho coordenado pelo Diretor Janus Kolankiewicz, locução de Marco Aurelio Fontela com auxilio de Vilmar Person, foi gravado a Homenagem pela Sra. Linea De Grau na Lingua Suéca; na Lingua Polonesa Dr. Cecilio S. Bobrzyk; Professor José Oswaldo Rodolfi em Italiano; Sr. Francisco Hanus em Tcheco; em Russo pelo Padre Dionisio; em Alemão pelo Pastor Wili Beker e em Portugues pelo Sr. Mario Bernardo. Neste bloco da mensagem foi usado de trilha os hinos de cada pais, formador da "Colônia Guarani".
                        Fica o nosso registro de agradecimento as pessoas acima mencionadas.
                        Todos os sábados pela manha das 10 horas e 30 minutos às 11 horas e 30 minutos, na Radio Guaramano AM, 1480 khz, vai ao ar o programa "O Cantar das Etnias", da Sociedade Cultural Guaraniense, e das 18 as 19 horas o programa da Etnia Russa. (horário de Brasilia).


                 

segunda-feira, 2 de maio de 2011

PROGRAMAÇÃO OFICIAL DA 10ª POLFEST Internacional - folder

Clique em cima do folder que ele amplia.

PROCURE TAMBÉM O FOLDER DA 11ª POLFEST DE 25 A 27 DE MAIO DE 2012

terça-feira, 26 de abril de 2011

120 anos de Imigração sueca, 1891 - 2011; 100 anos da imigração conhecida como "Caravana da Morte" 1911 - 2011 de Kiruna - Suecia.

Ola Amigos:


Guarani das Missões, se prepara para a 10ª POLFEST Internacional, de 26 a 29.05.2011. A POLFEST, por suas características evidenciam a cultura Polonesa, no entanto nesta edição se somam os Suecos para comemorar os 120 anos de Imigração sueca, 1891 - 2011; e lembrar os100 anos da imigração conhecida como "Caravana da Morte" 1911 - 2011 de Kiruna - Suécia.

Para estas comemorações, as articulações entre os descendentes suecos do Brasil, Argentina e Suécia se iniciaram em abril de 2010. Hoje já podemos contar com a confirmação e presença do Pastor e Historiador Dr. Sven Arne Flodell e sua esposa Gunvor Flodell, da Suécia, que já estão em Oberá, Província de Missiones na Argentina. Também é esperado a presença de familiares da família Lamberg em Oberá para o dia 21/05.

Leonardo E. Andersson, Cônsul sueco honorário da Província de Missiones é um grande incentivador destes laços de amizade, bem como a comunidade nórdica, sem deixar de mencionar nosso conhecido e amigo Cônsul polonês da mesma Província, Miguel A. Skobrow e poloneses e amigos do Brasil e do Mundo.

PROGRAMAÇÃO DA COMITIVA SUECA NA ARGENTINA

21/05 - Apresentação dos livros, da Gunvor, Ruth, Linneo, com palestra alusiva a Imigração, em Oberá; as 15 horas - visita ao cemitério sueco; as 17 horas- Aula Magna no Instituto Carlos Linneo e as 21 horas jantar com baile na Casa Nórdica no Parque dos Imigrantes de Oberá - AR.

22/05 - Missa recordatoria da Imigração e descerramento do Mural Dalahästen - Templo Olaus Petri as 10 horas;

24/05 - 120 e 100 anos de Imigração sueca a América do Sul, jantar - Parque sueco;

PROGRAMAÇÃO DA COMITIVA SUECA NO BRASIL 120 - 100 anos.

27/05 - Festejos em Viadutos, no CTG;

28/05 - Festejos em Ijui, no Centro Cultural Sueco 9 horas recepção; 10 horas culto; 10 h e 30 min, lançamento da revista dos 20 anos da Etnia Sueca em Ijui e pronunciamentos; 10 h e 30 min almoço tipico; 14 horas inauguração do Mastro de Midsommar e as 15 horas - apresentações artísticas e integração;



PROGRAMAÇÃO COMITIVA SUECA EM GUARANI DAS MISSÕES NA POLFEST no Parque de Eventos Clemente Vicente Binkowski.



28/05 - As 17 horas apresentação do Grupo de danças nórdicas de Oberá;

29/05 - as 8 h e 30 min, Culto Ecumênico com lembrança dos 120 anos de Imigração Sueca e Polonesa na "Colônia Guarany" e os 100 anos da imigração de Kiruna; as 10 horas o 2º Encontro da Etnia Sueca (descendentes) no pavilhão central do parque de eventos, com palestra do Dr. Sven Arne Flodell e esposa Gunvor, grandes conhecedores desta magnífica história da imigração, e outras atividades afins, até o meio dia. A tarde apresentações de Grupos Folclóricos conforme programação, já publicada neste blog.

FICA O NOSSO CONVITE A TODOS.



Abraços Nórdicos










segunda-feira, 18 de abril de 2011

MIDSOMAR - FOLCLORE SUECO


ESCUDO NACIONAL SUECO - TRES COROAS

Gracias Vilmar por tus preguntas del Escudo Nacional Sueco las tres coronas. Desde 1290 usaban los reyes las tres coronas como escudo posiblemente copiando los tres reyes en la Biblia. En 1400 fueron simbolos de los tres paises Suecia, Noruega y Dinamarca en un reino. Ahora es Escudo Nacional pero solo para Suecia. Mejor pensar en los Tres Reyes, un simbolo religioso que pocos conocen hoy en dia.



RAINHA E PRICESAS DA 10ª POLFEST Internacional com Traje de Gala

Noticia: Guarani das Missões (13.04.2011)


          SOBERANAS DA 10ª POLFEST INTERNACIONAL JÁ TEM TRAJE DE GALA
            Vestidos foram produzidos por Marlei Dorneles e o modelo remente aos trajes usados pela Nobreza Polonesa na Idade Média.            Há menos de dois meses para o ínicio da maior festa polonesa dos países do MERCOSUL, os preparativos para a 10° POLFEST INTERNACIONAL estão a todo o vapor. São contatos, orçamentos, confecções de artesanato, obras de reparação, comercialização de espaços internos e externos, bailes, folclores, entre outros. Além disso, desde a escolha das Soberanas do Evento, a Comissão Social tem trabalhado na elaboração do traje das representantes, as quais tem a importante função de divulgar a 10° edição do evento nacional e internacionalmente.
            As princesas Karine Kotlewski, e Patrícia Rolland, da mesma forma que a rainha Patrícia Gurski conheceram o traje de gala no inicio do mes de abril, quando o mesmo teve a confecção concluída. As Soberanas vestem um vestido longo, o qual, conforme a presidente, da Comissão Social da 10° Polfet, Joseane Nascimento, tem por base o modelo dos trajes utilizados na Polônia e Lituania pela nobreza, em meados do século XVII, na Idade Media.
            O modelo dos vestidos chama-se Strój Sziachechi.
O termo polonês "Szlachta", de acordo com Joseane, designava a "classes gentis" ou a "classe nobre". Abrangia idéia de nobreza de sangue: "um nobre específico era chamado um "szlachcic", uma nobre "szlachcianka", explica a preseidente da Comissão Social.            Todo o desenho foi feito com base em pesquisa cultural. Joseane ressalta a beleza e os cuidados na confecção dos vestidos: "Os vestidos longos são distinguidos pela beleza dos trajes inteiramente por exatidão, com mangas, pregueado na cintura e detalhes finalizado em renda ou pele de carneiro. Costurado com lençóis e tecidos leves para o verão, mas também de seda, cetim, veludo, e tecido de ouro, acolchoados com botões decorativos, para o inverno.Era de uso comum o manto,sobre os "vestidos", comenta.
            A escolha dos calçados também retratam a cultura de uma época remota, Joseane explica que na época que os sapatos em couro eram apenas da nobreza, "os mais pobres usavam sapatos na cor preta, os ricos podiam comprar na cor vermelha ou dourada", explicou. Além dos vestidos, as soberanas usarão uma capa, sendo no da rainha bordado a Águia Branca, tradicional símbolo polonês.
            Os vestidos são de um tecido denominado de "Brocado", encontrado na fábrica Italitex, São Paulo. A confecção dos mesmos foi realizada por Marlei Dorneles em seu ateliê localizado em Guarani das Missões. Já a aplicação/bordado foi feita por Helena Hamerski, também em Guarani.

            10° POLFEST
            Nesta edição, a POLFEST irá comemorar os "120 Anos da Imigração e Colonização Polonesa e Sueca na Colônia Guarani". Sendo assim, a programação será imcrementada com manifestações culturais da cultura sueca.
            Conforme o presidente da 10° Polfest, Moises Marczewski, o evento contará com a exposição de artesanato polônes, exposição gastronômica, folclores e religiosidade. Além disso será realizada a 1° Maratona Imigrante, o 2° Encontro Show de Bandonistas e Violinistas, e, o 2° Festival do "Pierogi", prato polonês. Palestras, oficinas de artesanato e bailes também fazem parte da programação.
            O evento acontece entre os dias 26 a 29 de maio, no Parque Municipal de Eventos Clemente Vicente Binkowski. De acordo com Moises, é esperado um público das outras edições, superando o número de 35 mil pessoas, visitantes e turistas do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Polônia e Suécia.

Fotos: Vick Almeida
Fonte/Crédito: Moisés Marczewski

terça-feira, 5 de abril de 2011

quarta-feira, 2 de março de 2011

Guarani das Missões escolhe as Soberanas da 10ª Polfest Internacional

Notícia: Guarani das Missões (25/02/2011)

Soberanas 10ª Polfest Internacional



                                          Guarani das Missões escolhe as Soberanas da 10ª Polfest Internacional
           Na última sexta-feira, 25, a Sociedade Cultural Guaraniense promoveu junto a Casa Polonesa - "Dom Polski" de Guarani das Missões, a escolha das Soberanas da 10ª Polfest Internacional. Noite esta, que contou com a presença de toda comunidade local e regional, num jantar típico polonês.
          Colonizada em 1891 por sua maioria imigrantes Poloneses, juntamente com Suecos, Italianos, Alemães, Russos, Portugueses, Tchecoslovacos, Austríacos, Espanhóis, Ucranianos, e outros, “Capital Polonesa dos Gaúchos” por denominação, desde 1996, construída pelo resgate e vivência, das nossas tradições, acena como a maior festa da etnia polonesa dos países do MERCOSUL.
           Evento que contempla a cultura, a gastronomia, religiosidade, artesanato, shows folclóricos, entre outros segmentos, corou na noite, com muita gala e elegância, Patricia Gurski, como rainha e as princesas Karine de Castro Kotlewski e Patricia Rolland.
           A 10ª Polfest Internacional - Festa Típica Polonesa, acontecerá de 26 a 29 de maio de 2011, junto ao Parque Municipal de Eventos Clemente Vicente Binkowski, ano em que comemora os "120 Anos da Imigração e Colonização Polonesa e Sueca na Côlônia Guarany".
         

Fonte/crédito:
Moisés Marczewski
Pres. 10ª Polfest Internacional
Pres. Sociedade Cultural Guaraniense

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

10ª POLFEST internacional Intensivo das candidatas a Rainha e princesas

História Sueca e Histórico das edições da Polfest, marcaram a segunda noite do intensivo às candidatas
          Joseane Nascimento e Vilmar Person foram os palestrantes da segunda noite do curso preparatório das candidatas à soberanas da 10ª Polfest Internacional, na última terça-feira, 15. A primeira, Presidente da Comissão Social e Secretária da Sociedade Cultural Guaraniense, fez um longo relato sobre todas as edições da Polfest, reportando as candidatas ao ano de 1996, quando do início dos trabalhos desta festa, hoje, a maior festa polonesa dos países do MERCOSUL. Trabalho este, compilado em slides, abordando sistematicamente todas as atividades desenvolvidas até o ano de 2011, no decorrer de suas edições.
           Fechando a noite, as candidatas foram graciadas com uma importante explanação sobre os feitos dos suecos, nestes 120 anos de história de imigração e colonização. Person, descendente de sueco, grande incentivador e compilador documental sobre a etnia, abordou diversos assuntos, enfatizando principalmente a Nova Suécia, que aqui na Colônia Guarany foi pretendida e sonhada.

Fonte: Moises Marczewski - Presidente da 10ª POLFEST Internacional